Ponsi
Consultoria em Obras Inteligentes
CURSOS
Tecnologia do Blogger.

Desafios no projeto, obra, manutenção e reforço da Ponte Rio-Niterói

sexta-feira, 22 de março de 2019


Apresentar os desafios do projeto da segunda maior ponte do mundo na época de sua construção, as dificuldades e particularidades da execução, o trabalho de reforço necessário para ajuste do comportamento dinâmico e o plano de manutenção que vem sendo implementado e que serve de modelo para outras obras de arte especiais foram os principais tópicos abordados por especialistas convidados para o Workshop “Ponte Rio-Niterói - Desafios no projeto, obra, manutenção e reforço”, que aconteceu em 21 de março de 2019, em Brasília (DF).

Marco da engenharia nacional inaugurado em 1974, a Ponte ainda detém alguns recordes importantes: maior ponte do Hemisfério Sul; possui o maior vão em viga reta contínua do mundo: o vão central de 300 m de comprimento e 72 m de altura; é a mais importante estrutura protendida das Américas, com mais de 2.150 quilômetros de cabos no interior de sua estrutura; e uma das maiores pontes do mundo em volume espacial (área construída), por conta de seu comprimento, largura e a altura dos pilares e das fundações submersas cravadas na rocha do fundo da Baía de Guanabara.

O Eng. Bruno Contarini, consagrado como um dos mais importantes engenheiros estruturais do Brasil e um dos responsáveis pela construção desta grande obra, falou sobre os métodos executivos empregados, destacando escolha de traçado, planejamento do canteiro de obras, equipamentos de fundações etc.

As soluções inovadoras implementadas com sucesso para o melhor desempenho estrutural da Ponte foram apresentadas pelo eng. Ronaldo Carvalho Barrista, consultor em Engenharia de Estruturas de Grande Porte (pontes estaiadas, coberturas, torres altas e estruturas costeiras e offshore e de equipamentos industriais), que descreveu os estudos técnico-científicos das campanhas experimentais (instrumentação e monitoração) e dos modelos numérico-computacionais 3D (análises estática e dinâmica), aplicados na concepção dessas soluções.

Os estudos e projetos da ponte efetuados pela Noronha Engenharia em 1968-1974 foram demonstrados pelo Eng. B. Ernani Diaz, doutor pela Universidade de Hannover, Alemanha, doutor pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e membro da Academia Nacional de Engenharia. Ele destacou os estudos de viabilidade da PRN efetuados pela Noronha, HNTB e Wilber Smith, as alternativas da ligação rodoviária, formação do primeiro grupamento de análise de projetos de estruturas civis em 1968, emprego e programação de programas especiais para a geometria e a análise da PRN, projeto dos acessos do Rio de Janeiro e de Niterói, a viga barriga de peixe conforme projeto do A. Noronha Filho, a análise do tabuleiro de vigas múltiplas, sem transversinas, em 1968, com o programa SPLA, o projeto da ponte colada de concreto sobre o mar com base em pontes francesas da Campenon Bernard, o projeto da viga de aço efetuado pela HNTB dos EUA e sua montagem por firmas inglesas (RDL e CB), assim como os problemas apresentados com o projeto de aço e a sua solução pelo prof. Ronaldo Battista.

Já o eng. Carlos Henrique Siqueira, que foi engenheiro da supervisão da construção da Ponte Rio-Niterói de 1972 a 1974, responsável pela vistoria e manutenção da obra de 1979 a 1996 e consultor dos serviços de vistoria e manutenção de 1997 até os dias atuais, apresentou a palestra “Ponte Rio-Niterói: referência mundial em manutenção de grandes estruturas”.

Exibiu um pouco do projeto e da fase construtiva da Ponte, com ênfase em determinadas nuances técnicas usadas pela primeira vez no Brasil, e mostrou, com detalhes, como são realizadas as vistorias e manutenções estruturais e de durabilidade da maior ponte do hemisfério sul, atentando para algumas pesquisas desenvolvidas com o concreto submerso do trecho sobre a Baía de Guanabara.

O evento ocorreu das 9h30 às 18h no Auditório do Sinduscon-DF com a presença do Eng. Mário Galvão e reuniu grandes nomes da engenharia e amigos : Eng. Leonardo Braga, Fátima Có presidente do Crea-DF , Renato Cortopassi, Marcelo Galimbert subsecretário de Obras, Daclimar presidente da Novacap, Fauzinho DER, Carlos Feijão Diretor de edificação da Novacap, Antônio Carlos, Mauricio Canovas, Carlos Mendes Presidente do Ibracon DF, Carlos Campos, João Alberto Presidente da ABECE, Ronaldo Carvalho, B. Ernane Diaz responsável pelos estudos e projetos da ponte Rio-Niterói, Carlos Henrique Siqueira, que foi engenheiro da supervisão da construção da Ponte Rio-Niterói de 1972 a 1974, dentre outros. Curta o álbum de fotos no Instagram:

/

Contato

Brasília Empresarial Varig
SCN Q04, Blc B, Nº 100, S 1201
Asa Norte, Brasília / DF
CEP 70714-900

+55 61 3533-6538 | 99802-0793

contato @ ponsiconsultoria.com.br

Parceiros

Formulário de contato

Nome

E-mail

Mensagem

© Ponsi Engenharia