Ponsi
Consultoria em Obras Inteligentes
CURSOS
Tecnologia do Blogger.

A importância da termografia na manutenção preditiva

quarta-feira, 26 de junho de 2019



O que é termografia?

A termografia é uma técnica que registra imagens de calor (termogramas) não visíveis pelo olho humano, através de uma câmera termográfica.

Todo corpo - ou matéria - com temperatura acima do Zero Absoluto emite radiação térmica. E as variações térmicas de um corpo podem ser sinais de que algo não vai muito bem. A termografia vem então para ajudar na análise e diagnóstico de anomalias, por meio de registro gráfico das temperaturas do ponto ou do objeto que está sendo analisado.

O infravermelho é uma frequência eletromagnética naturalmente emitida por qualquer corpo, com intensidade proporcional a sua temperatura. Os equipamentos infravermelhos utilizados nesse tipo de inspeção transformam a radiação infravermelha – naturalmente emitida - em imagens que podem ser visualizadas em tela, mostrando a distribuição de calor no local por meio de cores, possibilitando a localização exata do ponto aquecido. Esse ponto é onde está a anomalia analisada.

Como estamos falando de variação térmica, a termografia detecta também aquelas áreas que estão com uma temperatura mais fria, abaixo da média, que também é um indicativo de problema.

A termografia vem sendo utilizada há quase 200 anos com técnicas que foram evoluindo ao longo do tempo. O primeiro termograma foi elaborado na metade dos anos de 1940, no período da Segunda Guerra Mundial, sendo utilizado como sistema de Visão Noturna.

Desde então, o uso da termografia se expandiu para diversas áreas da ciência, sendo extremamente importante na área da saúde, por exemplo.

O uso da termografia na ENGENHARIA DIAGNÓSTICA

Em muitos países a termografia infravermelha vem sendo utilizada como técnica não destrutiva para a avaliação de problemas nas edificações. Os termovisores são alguns dos equipamentos mais modernos no mercado de prestação de serviços, proporcionando precisão e economia.

Com eles, é possível verificar diversos problemas estruturais de sua edificação sem o famoso quebra quebra e com resultados na hora, através da análise dos diferentes níveis de temperatura de paredes, pisos ou tetos que podem informar locais em que o isolamento do prédio está com problemas, como por exemplo, infiltrações de água e até mesmo vazamentos na tubulação de esgoto, permitindo uma análise muito ampla de toda a estrutura em pouquíssimo tempo.



O acompanhamento em tempo real das variações de calor permite, por exemplo, que se quebre a parede ou piso exatamente onde está o vazamento, evitando aquela grande obra que era realizada antigamente apenas para procurar e resolver um problema menor.

Com base ainda nessa análise, torna-se possível também indicar com antecedência eventuais defeitos ou falhas estruturais que podem resultar em problemas maiores no futuro. E a partir disso, elaborar um plano de ação para evitar ou minimizar esse problema, gerando uma importante economia.

O uso da termografia na MANUTENÇÃO PREDITIVA

A termografia é hoje reconhecida como uma técnica de análise rápida, econômica e extremamente potente. Com ela, podemos diagnosticar:

  • Infiltrações ou fugas de água
  • Fendas estruturais;
  • Corrosão de armaduras;
  • Falta de isolamento térmico em fachadas e coberturas;
  • Fissuras em fachadas;
  • Roturas em tanques e depósitos;
  • Roturas em canalizações de água e sistemas de ar condicionado;
  • Traçado de tubulações;
  • Colônia de insetos no interior de madeira de construção;
  • Sistema e equipamentos elétricos e eletrônicos como: mau contato de alguma fiação, oxidação dos componentes, desgaste de peças e sobrecarga de circuitos;
  • Análise térmica do edifício;
  • Entre outros.


Algumas VANTAGENS da utilização da termografia


  • Fácil interpretação dos resultados, já que as imagens são intuitivas;
  • Capacidade de tomar medições em tempo real;
  • Alcance de medições em ambientes insalubres;
  • Método não-destrutivo;
  • Utilização em ambientes sem iluminação;
  • Redução do tempo de inspeção e de trabalho;
  • Não provoca pó nem gera detritos;
  • Não emite qualquer tipo de radiação;
  • Permite fazer teste em uma área completa.


Diagnóstico realizado pela Ponsi Consultoria, sob supervisão do Engenheiro Mário Galvão

Agora que já está um pouco mais claro o que é a termografia e sua aplicação na manutenção preditiva, podemos concluir que ela é de grande auxílio para quem quer instaurar uma rotina de manutenção, uma vez que porque proporciona um diagnóstico rápido e assertivo.

Portanto, a inspeção termográfica - ressalte-se, quando realizada por um profissional experiente e que saiba analisar os dados termográficos, é uma das mais avançadas técnicas de manutenção preditiva e preventiva, pois possibilita um planejamento prévio de manutenção e correção, o que gera grande redução de custos e mão de obra.

Nenhum comentário

Postar um comentário

/

Contato

Brasília Empresarial Varig
SCN Q04, Blc B, Nº 100, S 1201
Asa Norte, Brasília / DF
CEP 70714-900

+55 61 3533-6538 | 99802-0793

contato @ ponsiconsultoria.com.br

Parceiros

Formulário de contato

Nome

E-mail

Mensagem

© Ponsi Engenharia